Estrutura Curricular

Disciplinas

Nome da Disciplina Linha de Pesquisa Carga Horária Créditos Tipo Ementa
Seminários de Projetos de Pesquisa Todas 75 h/a 5 OBR
Ementa

O projeto de pesquisa em história: definição da problemática e reconhecimento do objeto de pesquisa. As fontes de pesquisa: orientação teórico-metodológica; interdisciplinaridade, a História e sua relação com outras ciências sociais; levantamento, organização e análise dos dados. O relatório de qualificação.

Teorias e Métodos da História Todas 75 h/a 5 OBR
Ementa

As principais escolas históricas. Teorias e filosofias da história. O historicismo. Materialismo histórico. A história social. Os Annales e a nova história. O estrutururalismo e pós-estruturalismos. As tendências "pós-modernas". Fontes e tratamentos. A interdisciplinaridade

Ensino de História e Instituições Escolares Sociedade, Política e Representações 75 h/a 5 OPT
Ementa

Vertentes da produção histórica em educação e ensino no Brasil. Teorias e métodos no ensino de História: historiografia, conhecimento histórico escolar e currículos de História. Ensino de História e a tradição escolar brasileira. O ensino de História como área de pesquisa histórica. A História ensinada e a escrita da História. Instituições Escolares como lugares de pesquisa e produção de conhecimento histórico.

Estudos sobre a fronteira oeste: abordagens e métodos (século XVIII e XIX) Sociedade, Política e Representações 75 h/a 5 OPT
Ementa

História da Capitania e Província de Mato Grosso. As noções de fronteira(s) adotadas nas pesquisas.  Conceitos e metodologias. Os debates historiográficos nos séculos XX e XXI sobre a região nos períodos colonial e imperial. Cronistas e viajantes. Campos e temas de investigação.

Historia Cultural Fronteiras, Identidades e Representações 75 h/a 5 OPT
Ementa

Aspectos teórico-metodológicos da História Cultural e suas relações com o conhecimento histórico. História Cultural e multidisciplaridade. Aspectos relacionados à escrita da história.

História das representações dos povos indígenas: imaginário eurocêntrico e alteridades étnicas História Indígena e do Indigenismo 75 h/a 5 OPT
Ementa

O curso propõe uma abordagem interdisciplinar das diversas possibilidades interpretativas das representações sobre as sociedades indígenas, desde o período colonial até a contemporaneidade. Nesse sentido pretende analisar a projeção dos arquétipos do homem selvagem sobre os nativos da América; as relações de poder subjacentes aos discursos estereotipados e eivados pelo imaginário eurocêntrico; as perspectivas de subversão da epistemologia ocidental e a construção de conhecimentos capazes de pleitear o reconhecimento dos projetos político-utópicos das alteridades étnicas.

História e Estudos de Gênero Fronteiras, Identidades e Representações 75 h/a 5 OPT
Ementa

História das Mulheres e História de Gênero. Abordagens e fontes históricas para os estudos de gênero. Representações sociais. Imaginário. Cultura. Público e privado. Relações de poder

História e Fronteira Fronteiras, Identidades e Representações 75 h/a 5 OPT
Ementa

A Fronteira na História. Fronteira: problemas, abordagens, objetos. Fronteira e fronteiriços. Fronteiras na América Latina. A literatura fronteiriça.  A Fronteira Brasil-Paraguai.

História e movimentos sociais Sociedade, Política e Representações 75 h/a 5 OPT
Ementa

História social e movimentos sociais. Historiografia e movimentos sociais. Paradigmas clássicos e contemporâneos nos estudos dos movimentos sociais. Conceitos e abordagens. Interdisciplinaridade e História. Movimentos sociais no Brasil contemporâneo: debates sobre os “novos movimentos sociais”. Lutas Sociais, Identidade, Cidadania e Democratização: entre o campo e a cidade. Movimentos sociais do campo, questão agrária e luta pela terra no Brasil.

História, colonialidades e teorias pós-coloniais História Indígena e do Indigenismo 75 h/a 5 OPT
Ementa

Teorias pós-coloniais. A superação da metanarrativa histórica enquanto legitimadora dos colonialismos e da colonialidade. História e colonialismo. Capitalismo e colonialismo. Alternativas ao capitalismo. Colonialismo interno.  Colonialidade do saber. Colonialidade do poder. Epistemologias do Sul. O colonizado e sua subalternização. A voz do subalterno na história. Perspectivas descolonizadoras. Eurocentrismo. Orientalismo.

Historiografia brasileira Sociedade, Política e Representações 75 h/a 5 OPT
Ementa

A Escrita da História do Brasil. Historiografia e projetos de construção da nacionalidade. Principais autores, diálogos e perspectivas interpretativas sobre o Brasil. A organização e a disciplinarização do conhecimento histórico. Produção e debates atuais na Historiografia Brasileira.

Identidades e Representações Fronteiras, Identidades e Representações 75 h/a 5 OPT
Ementa

Refletir sobre a produção intelectual referente os nacionalismos, sobretudo sobre a problemática étnica e das identidades nacionais e sociais. Esses temas também serão associados às questões do pós-modernidade, pós-colonialismo e hibridismos. As identidades individuais e coletivas são uma construção social e simbólica dinâmica que, em função de sua permeablidade, mostram-se móveis e apresentam diversas configurações. A metodologia adotada privilegia as produções antropológicas e históricas com a intenção de discutir uma perspectiva da História Cultural no tratamento dos processos de criação de identidades e representações; a) ao colocar em evidências os processos coletivos de identificação, pelos quais os grupos se definem, através das alteridades, discutir a criação de uma cultura política, como motivações que se inscrevem no quadro das normas e valores que determinam as representações que a sociedade faz de si, do seu passado e do seu futuro; b) pensar na criação de uma cultura política, é ampliar a compreensão a respeito das políticas culturais, que num enfoque interdisciplinar, passam a ser vistas como imiscuídas nas políticas artísticas, literárias, científicas, educativas, para além dos setores administrativos e institucionais.

Mato Grosso do Sul: História e Historiografia Fronteiras, Identidades e Representações 75 h/a 5 OPT
Ementa

Esta disciplina visa a discutir o processo de configuração das sociedades no espaço correspondente à unidade político-administrativa tradicionalmente conhecida como Mato Grosso, tomando em conta diferentes formulações historiográficas e abrangendo os antecedentes indígenas e coloniais, o processo de ocupação pastoril, a Guerra com o Paraguai e seus efeitos sobre as articulações econômicas da região e, em épocas mais recentes (século XX), o coronelismo, as políticas territoriais e os rumos da expansão econômica e das transformações políticas. Ressalvada a indissociabilidade dos processos históricos, deverão ser objeto de particular ênfase os aspectos referentes ao espaço que corresponde ao atual Estado de Mato Grosso do Sul. Ao longo das discussões, serão abordados também aspectos da problemática da assim chamada “história regional”.

Microanálise Histórica Sociedade, Política e Representações 75 h/a 5 OPT
Ementa

Antecedentes e gênese da microanálise histórica; a história vista a partir de baixo; microanálise histórica e relatos orais; prosopografia e as novas biografias históricas; antropologia e microanálise histórica; o debate historiográfico das décadas de 1960/1970 e o percurso da historiografia italiana, história cultural e microanálise histórica; o estudo das redes sociais da política e do poder; historiografia brasileira e microanálise histórica.

Missões religiosas e povos indígenas História Indígena e do Indigenismo 75 h/a 5 OPT
Ementa

(A) Presença Católica com ênfase nos jesuitas e franciscanos (séc. XVI-XVIII), presença de outras órdens católicas (XX-XXI) e de outras formas de religiosas. (b) Presença Protestante (séc. XIX-XXI). (c) Presença Pentecostal e Neo-pentecostal (XX-XXI). (d) Presença de outros grupos religiosos. (e) Presença Ecumência (XX-XXI). (f) Princípios filosóficos e bases imaginárias da atuação missionária.

O historiador e seu ofício: desafios no trabalho com as fontes Fronteiras, Identidades e Representações 75 h/a 5 OPT
Ementa

Produção e historicidade das fontes. Natureza diversa das fontes: método e desafios da interpretação. Tipologia de fontes: impressas, imagéticas e orais.

Povos indígenas: História e Historiografia História Indígena e do Indigenismo 75 h/a 5 OPT
Ementa

Historiografia sobre os povos indígenas. Temáticas, abordagens e perspectivas teórico-metodológicas na história indígena contemporânea. Historiografia, História indígena e diálogos com outras áreas do conhecimento.

Temporalidades, saberes e poderes na produção da história indígena História Indígena e do Indigenismo 75 h/a 5 OPT
Ementa

Processos históricos de povos indígenas situados em contextos multiétnicos. Percepções históricas de coletivos indígenas a partir de suas inserções em configurações políticas de Estados nacionais. O lugar da história indígena na história nacional e da história nacional na história indígena. Negociações, acomodações e contraposições nos sentidos e percepções da presença indígena na história nacional. Os sentidos da cultura na produção da história indígena.

Tópicos Especiais I Todas 30 h/a 2 OPT
Ementa

A disciplina destina-se a permitir o eventual oferecimento, pelo próprio corpo docente do curso ou por docentes convidados, de conteúdos variados, julgados pertinentes ao processo de formação discente de forma adequada à carga horária ofertada.

Tópicos Especiais II Todas 45 h/a 3 OPT
Ementa

A disciplina destina-se a permitir o eventual oferecimento, pelo próprio corpo docente do curso ou por docentes convidados, de conteúdos variados, julgados pertinentes ao processo de formação discente de forma adequada à carga horária ofertada.

Tópicos Especiais III Todas 75 h/a 5 OPT
Ementa

A disciplina destina-se a permitir o eventual oferecimento, pelo próprio corpo docente do curso ou por docentes convidados, de conteúdos variados, julgados pertinentes ao processo de formação discente de forma adequada à carga horária ofertada.

Outras atividades obrigatórias
Atividade Carga Horária Créditos
Defesa de dissertação ou tese 420 h/a 28
Relatório de qualificação 120 h/a 8
Atividades orientadas 180 h/a 12
Estágio Docência
Disciplina obrigatória para bolsistas em nível de mestrado e doutorado. Será considerado Estágio de Docência a participação em atividades didático pedagógicas na graduação, tais como: preparação e ministração de aulas teóricas e/ou práticas, participação em processos de avaliação referendada pelo professor responsável, aplicação ou desenvolvimento de métodos ou técnicas pedagógicas, realização de estudo dirigido, seminários, minicursos e elaboração de material didático e auxílio na orientação de Iniciação Científica.
  • Legendas:
  • h/a: Horas/Aula;
  • OBR: Obrigatória;
  • OPT: Optativa